Crescimento
Recomende:

Veja: Campos eletromagnéticos, Movimento

É movimento no tempo e no espaço.

No plano dualista o movimento se desloca automaticamente em direção ao seu oposto. No estado unificado, o desenvolvimento e a expansão são eternamente crescentes, isto é, ampliam-se indefinidamente as possibilidades de beleza, vida e bondade. O crescimento, nesse caso, nunca se repete e nunca precisa de um movimento em sentido contrário. Ele transcende o princípio da causa e efeito. No estado dualista é um movimento cíclico com uma curva ascendente, um pico e uma curva descendente que se recicla perpetuamente, sempre expressando dois contrários. É o estado de causa e efeito.

Cada passo do crescimento humano representa uma vitória sobre o conflito, a confusão, a ignorância, a desesperança, uma nova unificação dentro da pessoa e entre a pessoa e a vida. Ele implica dominar algo que a pessoa antes era incapaz de dominar, resolver uma contradição, construir uma ponte.

O produto do crescimento aparece sem esforço, mas só pode ser resultado de esforço e de luta no sentido correto, o que requer um movimento de avanço na vida e um esforço disciplinado e, ao mesmo tempo, descontraído. Esse movimento em si é prazeroso. Além de eliminar a desunião, o crescimento também domina a ignorância e a negatividade.

Quando o crescimento interior ocupa o centro do ser de uma pessoa, tudo o mais se encaixa porque os objetivos não essenciais são abandonados. Crescimento é sempre algo que acontece a partir de um centro interior para um centro exterior, jamais o caminho que a personalidade distorcida e imatura espera que lhe seja dado do exterior e então acrescentado.

O homem às vezes acredita que está crescendo, quando na verdade está andando em círculos. Métodos não dirigidos ou mal dirigidos de autoexame muitas vezes têm esse resultado. O crescimento interior segue um movimento espiral, por meio do qual passamos várias vezes pela observação dos mesmos aspectos da consciência em níveis diferentes. A cada nível, a constatação e a compreensão do conteúdo ocorrem em nível mais profundo.

Pode-se dizer que há dois movimentos em espiral paralelos: um que acompanha o distúrbio, e outro que complementa o verdadeiro quadro das distorções. Na medida em que temos consciência da distorção e a avaliamos adequadamente, o quadro verdadeiro pode ser assimilado em regiões mais profundas da nossa personalidade.

Vários aspectos do crescimento são tratados nas palestras: crescimento e crise (120); medo do crescimento, destruição e terror (144); dinâmica do crescimento e a presença das funções voluntária e involuntária (178); crescimento da humanidade (120); crescimento no nível físico (089 e 193); crescimento no nível espiritual e o amor (089); processo e significado do crescimento (144); crescimento e renúncia (144); crescimento, unidade e dualidade (144).

120: O INDIVÍDUO E A HUMANIDADE
144: O PROCESSO E O SIGNIFICADO DO CRESCIMENTO
178: O PRINCÍPIO FUNCIONAL UNIVERSAL DA DINÂMICA DO CRESCIMENTO
089: O CRESCIMENTO EMOCIONAL E SUA FUNÇÃO
193: RESUMO DOS PRINCÍPIOS BÁSICOS DO PATHWORK: SEU OBJETIVO E PROCESSO

Palestras: 089, 115, 120, 144, 178, 193

089: O CRESCIMENTO EMOCIONAL E SUA FUNÇÃO
115: PERCEPÇÃO, DETERMINAÇÃO E AMOR COMO ASPECTOS DA CONSCIÊNCIA
120: O INDIVÍDUO E A HUMANIDADE
144: O PROCESSO E O SIGNIFICADO DO CRESCIMENTO
178: O PRINCÍPIO FUNCIONAL UNIVERSAL DA DINÂMICA DO CRESCIMENTO
193: RESUMO DOS PRINCÍPIOS BÁSICOS DO PATHWORK: SEU OBJETIVO E PROCESSO

ABC

Sentença do Guia “Quando vocês verdadeiramente puderem ver a relação causa e efeito na sua vida, vocês não só estarão motivados a desistir das atitudes e intenções negativas e a criar a intencionalidade positiva, vocês também ganharão maior percepção e maturidade emocional e espiritual. Maturidade é, num amplo sentido a habilidade de reunir causa e efeito.” P. 196