Equilíbrio
Recomende:

Veja: Eu Real, Ordem, Purificação

É ordem e cria ordem, no plano físico. Significa harmonia de sentimentos, no plano emocional. É ter sanidade, no plano mental.

O equilíbrio é o que mantém o universo intacto. Todas as leis naturais e mesmo as “sobrenaturais” são leis do equilíbrio, expressão de inteligência e propósito. É ainda a capacidade que todo organismo vivo tem de autorregulação, autocontrole e homeostase.

O equilíbrio interior só é alcançável através da autopurificação e se manifesta por um ritmo próprio, “desigual”. Quando existe um equilíbrio adequado de controle, o homem se doa de maneira livre e destemida, pois encontra a medida certa entre atividade e repouso. O princípio do equilíbrio ativo/passivo está presente em todos os processos criativos do universo de forma harmoniosa e complementar.

Na medida em que simultaneamente um princípio reforça o outro, está ligado ao exercício do amor. Há uma área considerável sobre a qual o homem tem controle. Essa área corresponde ao grau em que ele já encontrou seu eu interior, ou Eu Real.

Vários aspectos do equilíbrio são tratados nas palestras: equilíbrio de controle (137); equilíbrio pelo ego (152 e 153); equilíbrio do ego e maldade (134); perda de equilíbrio (138); necessidade de equilíbrio (113); equilíbrio interno e externo (134); manutenção e retirada do equilíbrio (138q); equilíbrio do amor (137); equilíbrio entre atividade e passividade (146).

137: EQUILÍBRIO DE CONTROLE
152: LIGAÇÃO ENTRE O EGO E O PODER UNIVERSAL
153: A NATUREZA AUTO REGULADORA DOS PROCESSOS INVOLUNTÁRIOS
134: O CONCEITO DO MAL
138: O DILEMA HUMANO DE DESEJAR E TEMER A PROXIMIDADE
113: A IDENTIFICAÇÃO COM O EU
146: O CONCEITO POSITIVO DA VIDA; O DESTEMOR DE AMAR; O EQUILÍBRIO ENTRE ATIVIDADE E PASSIVIDADE

Palestras: 003, 113, 127, 130, 134, 137, 138q, 146, 152, 153, 228

003: O MUNDO ESPIRITUAL - VOCÊ ESCOLHE O SEU DESTINO
113: A IDENTIFICAÇÃO COM O EU
127: OS QUATRO ESTÁGIOS DA EVOLUÇÃO: REFLEXOS AUTOMÁTICOS, CONSCIÊNCIA, COMPREENSÃO E SABEDORIA
130: ABUNDÂNCIA VERSUS ACEITAÇÃO
134: O CONCEITO DO MAL
137: EQUILÍBRIO DE CONTROLE
138: O DILEMA HUMANO DE DESEJAR E TEMER A PROXIMIDADE
146: O CONCEITO POSITIVO DA VIDA; O DESTEMOR DE AMAR; O EQUILÍBRIO ENTRE ATIVIDADE E PASSIVIDADE
152: LIGAÇÃO ENTRE O EGO E O PODER UNIVERSAL
153: A NATUREZA AUTO REGULADORA DOS PROCESSOS INVOLUNTÁRIOS
228: EQUILÍBRIO

ABC

Sentença do Guia “Pois bem, como pode ser ativado o eu interior? Ele não se ativa sozinho, pois reage apenas à consciência. Toda a consciência de vocês (exterior e interior) tem o poder de dirigir esse ser interior, com todos os seus maravilhosos recursos, sua inteligência e seu poder.” P. 134