Rendição
Recomende:

Veja: Compromisso, Entrega, Eu Superior

É um ato de entrega, sem qualquer reserva, ao encontro com a realidade do Deus vivo como experiência imediata, não como uma especulação teórica ou uma crença de luxo, mas como realidade de nossa vida interior e exterior, em cada aspecto, grande ou pequeno, do ser.

Esse estado de consciência mais alto, mais desejável, mais unificado, que inclui, abarca e transcende todos os outros estados e realizações, não pode vir rápida e facilmente. Logo, todo o nosso foco, compromisso e devoção devem ser gerados e ativados por nossa mente e vontade, porque nossa tendência é o apego à vontade do nosso self.

Não podemos eliminar nossos medos e desconfiança dos outros, a menos que constantemente renovemos a prática da rendição total ao que é superior dentro de nós mesmos, porque não podemos sobreviver sozinhos. Nenhuma criatura pode.

Todos os seres criados permanecem juntos numa cadeia de interdependência física, emocional e espiritual. Quando o peso da dependência é colocado onde ele deve estar, em Deus, em Seu aspecto personalizado que está pessoalmente perto de nós, então podemos criar um centro de gravidade saudável, ancorado profundamente dentro de nossa alma, porque é ali que Ele se encontra. Sua presença se funde com o nosso Eu Superior. Nós nos tornamos verdadeiramente um.

Vários aspectos da rendição são tratados nas palestras: rendição do ego (161); rendição a Deus (245); rendição a Deus pelo livre arbítrio (210).

161: A NEGATIVIDADE INCONSCIENTE OBSTRUI A ENTREGA DO EGO AOS PROCESSOS INVOLUNTÁRIOS
245: CAUSA E EFEITO NOS VÁRIOS NÍVEIS DA CONSCIÊNCIA
210: PROCESSO DE VISUALIZAÇÃO PARA ATINGIR O ESTADO UNITIVO

Palestras: 161, 210, 245, 258

161: A NEGATIVIDADE INCONSCIENTE OBSTRUI A ENTREGA DO EGO AOS PROCESSOS INVOLUNTÁRIOS
210: PROCESSO DE VISUALIZAÇÃO PARA ATINGIR O ESTADO UNITIVO
245: CAUSA E EFEITO NOS VÁRIOS NÍVEIS DA CONSCIÊNCIA
258: CONTATO PESSOAL COM JESUS CRISTO: AGRESSIVIDADE POSITIVA. O SENTIDO VERDADEIRO DA SALVAÇÃO.

ABC

Sentença do Guia “Enquanto você simplesmente desejar a sua própria felicidade, portanto não for um elo na corrente, o ego é de fato o centro, mesmo que você não tenha consciência disso.” P.004